top of page

A primeira super-heroína israelense da Marvel estará no novo filme do Capitão América

A atriz Shira Haas vai estrelar como a primeira super-heroína israelense na telona no novo filme Capitão América da Marvel.


Imagem: Sabra – Marvel – Shira-Haas - Montagem original sobre imagens de reprodução


Haas, de 27 anos, mais conhecida por sua atuação em Unorthodox, da Netflix, interpretará Sabra, uma agente do Mossad (o serviço secreto israelense) que tem forças sobre-humanas – e uma estrela de Davi no peito.


Ela estava entre os membros do elenco do novo filme Capitão América: Nova Ordem Mundial, revelado no último sábado na D23 Expo, o maior evento de fãs da Disney na Califórnia, EUA. O filme será lançado em 2024.


Nascida em Tel Aviv, Shira Haas, inicialmente ganhou destaque nacional em Israel por seus papéis no cinema e na televisão locais. Em 2020, ela ganhou aclamação internacional por seu papel na minissérie da Netflix Unorthodox, sobre uma mulher judia hassídica que foge de um casamento arranjado no Brooklyn para começar uma nova vida no exterior.


Seu desempenho foi indicado ao Globo de Ouro e ao Primetime Emmy Award. Ela foi a primeira atriz israelense a receber uma indicação na categoria “excelente atriz principal”.

Sabra é o apelido de Ruth Bat-Seraph, uma mutante cujo poder aumenta todas as capacidades físicas de seu corpo a níveis sobre-humanos, incluindo força, velocidade, reflexos, vigor e resistência.


É a primeira vez que um super-herói israelense será visto na tela grande, embora o personagem Sabra tenha aparecido na TV em 1994, em uma breve participação em um episódio do Quarteto Fantástico.


A personagem de Haas, Sabra, apareceu pela primeira vez em uma história em quadrinhos do Incrível Hulk em 1980. Ela lutou contra o “Verdão” quando acreditou, erroneamente, que ele estava trabalhando com terroristas que operavam em Israel.

Sabra também pode transferir sua própria energia vital para outros indivíduos, melhorando sua saúde e concedendo-lhes superpoderes de baixo nível, enfraquecendo-a no processo até que ela decida retirá-los.


O termo “sabra” – literalmente uma pera espinhosa – é usado para descrever os israelenses, que têm a reputação de serem duros por fora, mas delicados e doces por dentro.



14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page