top of page

Morre o último judeu do Iêmen


Na última quinta-feira (13), Yahya ben Yosef, o último judeu do Iêmen, faleceu e foi sepultado por seus vizinhos muçulmanos na aldeia de Madar, ao norte de Sana'a.


Ben Yosef, que tinha familiares em Israel, teve sua morte anunciada em um grupo do Facebook de judeus iemenitas. A comunidade judaica no Iêmen enfrentou décadas de perseguições e expulsões, tendo a sua população drasticamente reduzida. Entre 1949 e 1950, cerca de 50.000 judeus iemenitas fugiram para Israel na operação que ficou conhecida como “Tapete Voador".


A morte de Yahya Ben Yosef encerra séculos de presença judaica no Iêmen, refletindo a limpeza étnica da qual muitos judeus do Oriente Médio foram vítimas nas últimas décadas. Este evento marca o fim de uma herança cultural e religiosa significativa no Iêmen.


Via: The Jerusalem Post


Para mais informações, acesse o nosso canal no WhatsApp. Aperte “seguir” e não esqueça de ativar o sino 🔔 para receber notificações: https://whatsapp.com/channel/0029VaCcz6AEFeXfM6KVFi13

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Kommentare


bottom of page