top of page

Povo do Livro: Judaísmo para Todos, Bernardo Sorj.

O que é o judaísmo? Uma religião, uma forma de cultura de um determinado povo ou uma etnia? Há cerca de 110 anos atrás, o rabino Mordechai Kaplan, americano nascido na Lituânia, talvez seja quem melhor o definiu, Judaísmo como Civilização, nome do seu livro mais importante.

Sendo o Judaísmo, uma civilização, um amálgama de religião, cultura, costumes, etnia, humor, história sobretudo Chutzpah, o judaísmo é um diamante de mil faces, brilhando ao sol. Pois neste seu “Judaísmo para Todos” (Ed. Civilização Brasileira, 2010,172 pág.),expõe a faceta secular e cultural do judaísmo. Esta proposta quer transcender o aspecto mais conhecido, que é a face religiosa.


Discutindo a história da formação cultural dos judeus ao longo da história e o legado de pensadores como Spinoza, Freud e Hannah Arendt, passando pelas contribuições científicas e artísticas do povo judeu, ao longo de gerações e reafirmando que os laços singulares que nos unem e os componentes ancestrais e históricos que formaram nossa identidade e nossa alma judia, tem muitos ingredientes, o autor investiga os “eus” do judaísmo e do que é ser judeu.


Sorj é professor de Sociologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro e entre outros trabalhos é autor ainda de Judaísmo para Século XXI, em parceria com o rabino Nilton Bonder.



8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commenti


bottom of page