top of page

Startup israelense está construindo a maior fábrica de carne cultivada do mundo, nos Estados Unidos

A startup israelense Believer Meats diz que os trabalhos começaram nos EUA no que se tornará o maior centro de produção de carne cultivada do mundo.


Primeiro Hamburguer cultivado, World Economic Forum, via Wikimedia Commons


A instalação de U$ 123 milhões (cerca de R$662 milhões) em Wilson, Carolina do Norte, cobrirá 1,85 quilômetros quadrados e produzirá pelo menos 10.000 toneladas de carne sem origem animal por ano.


No ano passado, a Believer Meats anunciou o maior investimento de todos os tempos em uma empresa de carne cultivada globalmente, com a conclusão de uma rodada de financiamento da Série B de US$ 347 milhões.

A empresa, então conhecida como Future Meat Technologies, foi fundada em Rehovot, centro de Israel, em 2018 pelo professor Yaakov Nahmias, da Universidade Hebraica de Jerusalém.


A empresa diz que está “focada no desenvolvimento da tecnologia de cultivo de células mais eficiente do mundo, para que possamos disponibilizar carne deliciosa e acessível a todos – sem prejudicar os animais ou nosso planeta”.

A nova fábrica criará mais de 100 novos empregos nos próximos três anos e usará biorreatores personalizados para produzir carne cultivada usando processos patenteados.


“Nossas instalações impulsionam a Believer como líder na indústria de carne cultivada”, disse a CEO da empresa, Nicole Johnson-Hoffman.


“Nossa marca provou continuamente nosso compromisso com a tecnologia e a capacidade de produção em escala e, com nosso novo centro de produção nos EUA, estamos um passo mais perto da comercialização. A Believer está estabelecendo o padrão globalmente para possibilitar que as gerações futuras comam e desfrutem da carne”.


A empresa foi renomeada como Believer Meats no mês passado, enquanto se prepara para a aprovação regulatória dos EUA e o lançamento comercial de seus produtos.


14 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page