top of page

Primeiro astronauta israelense a embarcar na Estação Espacial Internacional

Eytan Stibbe faz história para Israel e para o mundo ao participar da primeira missão espacial totalmente privada.


O astronauta israelense Eytan Stibbe. Foto de Ori Burg. Reprodução.



“Estamos no espaço!” diz um banner gigantesco em inglês, hebraico e árabe na página inicial da Missão Rakia de Israel.


De fato, Eytan Stibbe, de 64 anos, tornou-se o primeiro astronauta israelense a entrar na Estação Espacial Internacional (ISS).


Stibbe e três astronautas da América do Norte foram lançados às 11h17 EDT de 8 de abril em um foguete SpaceX Falcon 9 do Centro Espacial Kennedy da NASA, na Flórida, como parte da histórica missão Axiom 1 (Ax-1), a primeira missão espacial totalmente privada.


O foguete que transportava os quatro astronautas atracou na ISS cerca de 21 horas depois e recebeu calorosas boas-vindas da tripulação. Stibbe foi o primeiro a entrar.




Apenas 241 pessoas de 19 países passaram algum tempo na [ISS] nas últimas décadas. Destina-se a servir como um laboratório orbital gigante, permitindo o estudo aprofundado de vários fenômenos em condições de microgravidade.


Rakia (hebraico para “céu”) é um projeto da Fundação Ramon e da Agência Espacial de Israel no Ministério da Inovação, Ciência e Tecnologia. O objetivo declarado da missão é “inspirar a geração mais jovem enquanto avança e expande a indústria espacial de Israel”.


Stibbe era próximo do primeiro astronauta de Israel, Ilan Ramon, que morreu na explosão do ônibus espacial Columbia em fevereiro de 2003. Anteriormente um piloto de combate, ele se tornou um empresário e filantropo de sucesso.


Stibbe está doando seu tempo e todos os custos da viagem, incluindo despesas relacionadas aos 44 experimentos que ele está levando junto de cientistas, empresários e estudantes israelenses.


De acordo com a Ramon Foundation, “A missão permitirá que empreendedores e pesquisadores israelenses avancem ideias inovadoras e proporcionará uma rara oportunidade para eles testarem seus empreendimentos em um ambiente de estudo único, contribuindo assim para as indústrias de pesquisa internacionais e israelenses. Além disso, a missão tornará acessíveis atividades educativas diversificadas, para beneficiar todas as crianças israelenses. De fato, será a primeira vez que crianças e jovens israelenses terão acesso à Estação Espacial Internacional, em hebraico”.


Você pode acompanhar a jornada de 10 dias de Stibbe, em hebraico, árabe ou inglês no site da Rakia.

5 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page